Home 16/06/2017 - 17:25 - Philipe Bastos / Governo do Tocantins

Em parceria com o Programa Mais Educação, escola de Miracema obtém bons resultados no 1º semestre

Por meio do Novo Mais Educação, a escola tem conseguido melhorar o aprendizado dos alunos Por meio do Novo Mais Educação, a escola tem conseguido melhorar o aprendizado dos alunos - Divulgação / Governo do Tocantins
O programa visa incentivar a produção artística e cultural nos alunos O programa visa incentivar a produção artística e cultural nos alunos - Divulgação / Governo do Tocantins
Entre as atividades complementares, o caratê chama a atenção dos alunos Entre as atividades complementares, o caratê chama a atenção dos alunos - Divulgação / Governo do Tocantins
Professores-regentes empenharam-se com metodologias eficazes e têm conseguido um resultado bastante favorável Professores-regentes empenharam-se com metodologias eficazes e têm conseguido um resultado bastante favorável - Divulgação / Governo do Tocantins

A Escola Estadual de Tempo Integral Manoel Messias, de Miracema, tem conseguido bons resultados entre os alunos ao aderir a programas educacionais. Um exemplo foi a adesão da escola ao programa Novo Mais Educação, que tem como objetivo ampliar a permanência dos alunos na escola, favorecer o processo de ensino e aprendizagem e reduzir o abandono, a reprovação e a distorção idade-ano.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o Novo Mais Educação foi criado pela Portaria MEC nº 1.144/2016 e regido pela Resolução FNDE nº 5/2016. O programa é uma estratégia do Ministério com o objetivo de melhorar a aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática no ensino fundamental, por meio da ampliação da jornada escolar de crianças e adolescentes.

Segundo a diretora da unidade educacional, com o trabalho dos mediadores do programa, tem sido possível perceber avanços no índice de aprendizagem das disciplinas que são foco do Novo Mais Educação. Conforme Rosana Ruiz, por meio do programa, são realizadas atividades complementares como xadrez, caratê e artes. “Essas atividades têm como objetivo o incentivo à produção artística e cultural, individual e coletiva dos estudantes, como possibilidade de reconhecimento e recriação estética de si e do mundo”, pontuou.

A gestora explicou que no início do ano foi feito um levantamento do nível de leitura e de escrita para que a escola pudesse perceber como estava o aprendizado dos alunos. “Para nossa surpresa, alunos do 3º ano estavam muito abaixo do esperado. Imediatamente toda a equipe escolar buscou sanar as dificuldades. Professores-regentes empenharam-se com metodologias eficazes e, com a parceria do programa Novo Mais Educação, tem- se conseguido um resultado bastante favorável”, pontuou Rosana Ruiz.

 

Compartilhe esta notícia