Brasil Central 01/06/2017 - 18:59 - Philipe Bastos / Governo do Tocantins

Professora Wanessa Sechim destaca programa Tutoria Pedagógica durante entrevista coletiva

O encontro foi realizado no Palácio Araguaia O encontro foi realizado no Palácio Araguaia - Washington Luiz / Governo do Tocantins
Para a professora Wanessa Sechim, o Tutoria Pedagógica vai fortalecer o processo ensino-aprendizagem Para a professora Wanessa Sechim, o Tutoria Pedagógica vai fortalecer o processo ensino-aprendizagem - Washington Luiz / Governo do Tocantins

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim, participou de uma entrevista coletiva no Palácio Araguaia para tratar do Programa Tutoria Pedagógica. Na ocasião, também estiveram presentes o secretário de Estado da Fazenda e Orçamento Público, Davi Torres e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, Alexandro de Castro Silva.

Durante o momento com a imprensa tocantinense, os gestores comentaram sobre as ações em desenvolvimento no Estado por meio do Consórcio de Governadores do Brasil Central, formado por Tocantins, Rondônia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

A educação foi contemplada com o programa Tutoria Pedagógica, que tem como objetivo promover, por meio de tutores, a melhora na gestão das escolas da rede pública de ensino. Desenvolvido como um piloto no Estado em 2017, o programa contará com 12 tutores (seis técnicos da Seduc e seis técnicos das Diretorias Regionais de Educação de Paraíso, Miracema e Porto Nacional) capacitados para auxiliar na gestão da sala de aula.

O programa Tutoria Pedagógica é realizado em parceria com a Fundação Itaú Social, que oferece a formação dos tutores que atenderão as escolas quinzenalmente. Neste primeiro momento, serão atendidas 14 unidades educacionais das três Diretorias Regionais de Educação selecionadas para receber o programa. Ao todo, serão impactados quase 400 professores e mais de 4.500 alunos com a atuação dos tutores.

“Selecionamos escolas que ofertem ensino médio e que apresentam baixo Ideb. O Itaú Social entra com as formações dos tutores, que atuarão junto aos diretores das escolas e coordenadores pedagógicos. O nosso foco é a aprendizagem e o sucesso dos nossos alunos”, destacou a secretária.

Além da educação, os governadores do Brasil Central debaterão no Tocantins ações nas áreas de Turismo, Saúde e Economia dos estados participantes do bloco.

“O primeiro assunto que traremos para discussão será proposto pelo secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, que é a compra compartilhada de medicamentos por meio do Consórcio. Dessa forma, será possível negociar melhores preços e prazos com laboratórios e fornecedores. A segunda questão é a implantação de um mercado comum que visa deixar livre as barreiras fiscais ou uniformizar todos os indicadores de alíquotas dos estados-membros”, destacou o secretário de Estado da Fazenda e Orçamento Público, Davi Torres.

Em relação aos trabalhos da Câmara Temática de Turismo, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, Alexandro de Castro Silva, destacou que será apresentado, durante o Fórum dos Governadores, um projeto de integração do turismo de aventura e do ecoturismo dos estados-membros do Consórcio.

"A forma mais objetiva é divulgar o propósito de turismo que essa região tem, que é um propósito ecológico, conservacionista e turismo ambiental, que é a observação de aves, atividades aquáticas, entre outros. Então, a melhor forma de nós traduzirmos esse projeto é comunicando essa publicidade e desenvolvendo roteiros integrados, no qual a pessoa vá em mais de uma cidade, em mais de um estado em um pacote turístico só”, explicou.