Home 08/11/2018 - 12:01 - Josélia de Lima/Governo do Tocantins

CEM Taquaralto promove mostra de conhecimentos e monta casa de câmbio

Estudante expõe as criações da sala de aula Estudante expõe as criações da sala de aula - Divulgação
Criações dos alunos Criações dos alunos - Divulgação
Criações dos alunos Criações dos alunos - Divulgação
CEM Taquaralto apresenta mostra de conhecimentos CEM Taquaralto apresenta mostra de conhecimentos - Divulgação
Mostra de conhecimentos ajudam os alunos a divulgar suas produções Mostra de conhecimentos ajudam os alunos a divulgar suas produções - Divulgação
Mostra de conhecimentos ajudam os alunos a divulgar suas produções Mostra de conhecimentos ajudam os alunos a divulgar suas produções - Divulgação
Mostra de conhecimentos ajudam os alunos a divulgar suas produções Mostra de conhecimentos ajudam os alunos a divulgar suas produções - Divulgação
Mostra de conhecimentos ajudam os alunos a divulgar suas produções Mostra de conhecimentos ajudam os alunos a divulgar suas produções - Divulgação

O Centro de Ensino Médio Taquaralto promoveu uma Mostra de Conhecimentos, com apresentações de alunos sobre os projetos e trabalhos realizados neste semestre. O tema foco foi a influência do câmbio na economia, com estudos sobre o dólar, o real, o euro e o iene. A exposição dos trabalhos foi realizada nos três turnos, na quarta-feira, 7.

O coordenador pedagógico Josué Alves da Silva explicou que, conforme as moedas, os alunos abordaram temas como alimentação, cultura e o esporte presente nos países que adotaram o euro, o iene e o dólar.

“Professores de todas as disciplinas realizaram atividades, e essa foi uma ação muito significativa porque os alunos mostraram interação e muitas aprendizagens. Uma das ações foi a montagem de uma casa de câmbio, na qual os alunos poderiam adquirir produtos das barracas expostas e pagar com a moeda de cada país. Isto é, se um aluno comprasse um cachorro quente, de origem americana, teria que pagar com dólar. Com isso, os estudantes vivenciaram como funciona a troca de moedas”, esclareceu Josué.

A escola contou com a parceria dos estudantes do Instituto Federal de Educação do Tocantins (IFTO) que, por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), atua com orientações pedagógicas no CEM Taquaralto. “Os professores orientaram um trabalho com os alunos sobre a geometria no cotidiano, com a realização das práticas dos assuntos discutidos em sala de aula e as criações fizeram parte de uma exposição”, contou o coordenador.

Camila Silva Coelho, 15 anos, aluna da 1ª série do ensino médio, disse que participou do stand de alimentos saudáveis. “Mostramos para as pessoas que a alimentação depende e varia conforme a condição de cada um. Alguém pode precisar de uma alimentação com bases em frutas e saladas para emagrecer, outros necessitam das massas e, com isso, aprendemos a nos preocuparmos com a alimentação saudável. Algo que levamos para a vida e compartilhamos com outras pessoas”, ressaltou.