Gestão 16/04/2018 - 17:18 - Alcione Luz / Governo do Tocantins

Escolas estaduais realizam Conselho de Classe Pedagógico

Conselho de Classe Pedagógico realizado na ETI Professora Elizângela Glória Cardoso, em Palmas Conselho de Classe Pedagógico realizado na ETI Professora Elizângela Glória Cardoso, em Palmas - Marcio Vieira / Governo do Tocantins
Conselho de Classe no Colégio Estadual Dr. Joaquim Pereira da Costa, em Gurupi Conselho de Classe no Colégio Estadual Dr. Joaquim Pereira da Costa, em Gurupi - Governo do Tocantins

As escolas da rede estadual de ensino, das 13 Diretorias Regionais de Educação (DREs), realizaram nesta segunda-feira, 16, o Conselho de Classe Pedagógico nas unidades escolares. A atividade, prevista no Calendário Letivo de 2018, tem o objetivo de analisar o trabalho desenvolvido no 1º bimestre. Participaram da ação gestores, coordenadores, professores e alunos. A data não é considerada dia letivo.

Durante o conselho são avaliados a aprendizagem e o rendimento dos alunos, a prática pedagógica, o trabalho desenvolvido em sala, bem como os conteúdos ministrados e não aprendidos e identificação das turmas e disciplinas com menor resultado e possíveis causas de baixo rendimento dos alunos.

Segundo a secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim, o conselho é um espaço adequado para a análise e avaliação coletiva da escola sobre os trabalhos desenvolvidos. “Essa oportunidade inserida na proposta pedagógica da rede estadual tem como finalidade principal a autoavaliação dos resultados alcançados, da avaliação do desenvolvimento dos alunos e da definição dos próximos passos”.

A diretora regional de Educação de Gurupi, Nilceia Francisco Costa Camargo, destacou a importância de analisar os rendimentos escolares do bimestre. “É o momento em que os professores têm a oportunidade de trocar experiências sobre a aprendizagem dos alunos e refletir sobre o trabalho docente”.

Patrícia Vieira de Souza Peixoto, que tem dois filhos matriculados no Colégio Paroquial Bernardo Sayão de Gurupi - Brunno Vieira de Sousa Peixoto e Pedro Lucas Vieira de Sousa Peixoto - elogiou a iniciativa da escola. “Os alunos precisam da ajuda dos pais para melhorar as notas e gostei de ver que há uma preocupação dos professores em acompanhar e resolver a situação de cada aluno”.

De acordo com o diretor regional de Miracema, Valteir Pereira Filho, o conselho de classe pedagógico é um momento importante para a escola e para o trabalho docente. “Proporciona a escola fazer uma reflexão das atividades realizadas no primeiro bimestre, com base nos conteúdos ensinados e não aprendidos”. 

Erivaldo Santos, diretor do CEM Santa Terezinha, de Miracema, disse que a participação dos alunos foi fundamental. “Os alunos fizeram avaliação com relação às aulas, gestão escolar e dos professores, elencando os pontos positivos e negativos. Na escola é preciso considerar os questionamentos dos alunos”.

Fortalecimento da Aprendizagem

Com base na avaliação realizada pelo Conselho de Classe Pedagógico, serão definidas as estratégias para a realização da Semana do Fortalecimento da Aprendizagem, programada para o período de 17 a 20 de abril, além das intervenções necessárias para o 2º bimestre de 2018.