Home 09/01/2019 - 11:52 - Josélia de Lima/Governo do Tocantins

Jovens embaixadores representantes do Tocantins viajam para intercâmbio nos Estados Unidos

Ana Gabriella e Rafael se preparam para viver a maior aventura de suas vidas: um intercâmbio nos EUA Ana Gabriella e Rafael se preparam para viver a maior aventura de suas vidas: um intercâmbio nos EUA - Divulgação

Os estudantes Rafael Aguiar Morais, 17 anos, do Instituto Presbiteriano Vale do Tocantins, localizado em Paraíso, e Ana Gabriella Alves Guerra, 16 anos, do Colégio Pré-Universitário de Araguaína, Jovens Embaixadores 2019 representantes do Tocantins, estão em Brasília participando do encontro de preparação para a viagem de intercâmbio e estudos nos Estados Unidos.

Este ano, viajarão aos Estados Unidos, 50 jovens. Pela primeira vez, a Embaixada Americana selecionou a participação de dois alunos representantes do Tocantins. Esses alunos passarão três semanas nos EUA, viajam dia 11 e retornam dia 3 de fevereiro.

Na primeira semana, os jovens visitarão Washington, capital dos Estados Unidos, e na agenda estão passeios a pontos turísticos, históricos e departamentos públicos. Nas duas semanas seguintes, eles serão divididos em grupos, que irão para diferentes estados, nessa fase, os estudantes ficarão hospedados em residências de famílias americanas, assistem a aulas em instituições do ensino médio e participam de discussões sobre projetos de empreendedorismo.

O programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos, com a parceria do Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed) e das secretarias de educação dos estados.

Expectativas

Um dos critérios para ser selecionado como jovem embaixador é que o aluno desenvolva uma atividade voluntária. Rafael participa da ONG Anjos de Patas, que recolhe animais na rua e dá abrigo até conseguir adotá-los. “Estou ansioso com essa preparação para o intercâmbio”, frisou.

Ana Gabriella, por sua vez, destacou a aprendizagem que essa viagem irá proporcionar e as amizades com pessoas de diferentes países.

A coordenadora do programa no Tocantins, professora Maria da Conceição Ranke, explicou que o programa Jovens Embaixadores favorece e impulsiona o protagonismo juvenil. “Através do intercâmbio cultural é possível expandir os horizontes, fortalecer valores voluntários e desenvolver o perfil de liderança dos jovens. Essa edição de 2019 nos propiciou recrutar dois representantes para o Estado. Estamos felizes por entendermos que isso sinaliza um nível de excelência de nossos estudantes e para uma educação pública comprometida com o protagonismo juvenil”, esclareceu.