Home 09/10/2019 - 12:16 - Cláudio Paixão/Governo do Tocantins

Professora da rede estadual participa de seminário nacional de educação empreendedora

Aclaides de P. de Almeida Ferreira e a professora Marilene Pereira Guimarães com certificação entregue pela analista do Sebrae Tocantins, Izana Assunção Aclaides de P. de Almeida Ferreira e a professora Marilene Pereira Guimarães com certificação entregue pela analista do Sebrae Tocantins, Izana Assunção - Divulgação Seduc/Governo do Tocantins
Professora com o troféu que recebeu na etapa estadual do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedor Professora com o troféu que recebeu na etapa estadual do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedor - Marcio Vieira/Governo do Tocantins

Vencedora da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora (PSEE), na categoria ensino fundamental, a professora Marilene Pereira Guimarães participa desde ontem e nesta quarta-feira, 9, em Florianópolis, do ConheCER 2019, que neste ano tem como tema “Educação Empreendedora – Pontes para Futuros fora da Caixa”.

O seminário tem o objetivo de contribuir para a difusão de conhecimento e ampliação das discussões sobre a temática da educação empreendedora, as novas tendências e práticas para o setor, além de propiciar a ampliação das parcerias entre instituições estaduais, nacionais e internacionais.

No primeiro dia do ConheCER 2019, ocorreu a entrega do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora, voltado para o público de educadores de todo o país. De acordo com a educadora, mesmo sem ter vencido, chegar nesta etapa é uma grande conquista. “É um privilégio muito grande, porque estamos conhecendo novas propostas de ensino. E eu já estou com novas ideias para dar um up em nosso projeto”, ressaltou.

Presente no evento, junto com a diretora da Escola Estadual Ana Macedo Maia, Aclaides de P. de Almeida Ferreira, a educadora foi reconhecida pelo projeto ‘Sou monitor de Matemática’ aplicado com os alunos do 6º ao 9º ano. Além das atividades de monitoria desenvolvidas pelos estudantes que têm mais facilidade com a disciplina, também é realizada a ‘Feira de Empreendedorismo’. 

A ideia da feira é proporcionar aos estudantes a possibilidade de utilizarem a matemática na prática. No desenvolvimento das atividades, os alunos realizam pesquisas e estudos para a produção e venda de doces, salgados e sucos, revisando conteúdos e fazendo o planejamento para abrir uma empresa. 

Divididos em grupos, eles montam uma empresa fictícia, em que os componentes de cada grupo são sócios. Os alunos definem um nome para a empresa, o capital inicial (quanto cada um irá contribuir para a produção dos doces, salgados e sucos), a estimativa de vendas (quantidade de porções, estimativa de lucro por porções e total) e o que cada um vai fazer, condições de higiene e armazenamento dos produtos e organização do estande de vendas.