Home 09/10/2019 - 17:25 - Abrão de Sousa/Governo do Tocantins

Técnicas de Secretaria de Educação participam de encontro sobre avaliação em Brasília

Técnicas participam do Encontro Frente de Avaliação em Brasília Técnicas participam do Encontro Frente de Avaliação em Brasília - Seduc / Governo do Tocantins
Segundo Maria Antônia, o trabalho fortalece o que vem ocorrendo no Tocantins sobre Avaliação Segundo Maria Antônia, o trabalho fortalece o que vem ocorrendo no Tocantins sobre Avaliação - Seduc / Governo do Tocantins

Técnicos das secretarias estaduais de educação de todo o País, e um representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), de cada Estado se reuniram em Brasília nos dia 8 e 9, para discutirem e trocarem experiências sobre a melhoria da educação, no evento “Encontro Frente de Avaliação”.

O objetivo geral do evento é contribuir com a melhoria da aprendizagem e desenvolvimento dos estudantes, tendo como foco uso dos resultados e feedback aos educadores, além de proporcionar maior eficácia, equidade e qualidade, fortalecendo a integração Estados e Undime. São parceiros da ação as instituições Fundação Lemann, Itaú Social e Unibanco.

Entre os temas apontados no evento destacam-se Sistema Nacional de Avaliação, Consórcio de Avaliação, Avaliações formativa, somativa, os desafios da Avaliação no âmbito da Base Nacional Curricular Comum, dentre outros.

Do Tocantins, como técnica da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), participou Maria Antônia Almeida Costa Andrade; e Maria Francinete representou a Undime.

Conforme Maria Antônia Almeida Costa Andrade, o encontro é de grande importância para fortalecer as ações pedagógicas nas escolas. “O Encontro está sendo de grande relevância para o fortalecimento das ações já realizadas no Tocantins no âmbito de avaliações como o “Conexão Saeb/TO, e Selo Quem Educa, Faz”, especificamente sobre o alinhamento entre avaliação e a implementação do Documento Curricular do Tocantins. Será um grande desafio para todos os estados, mas com uma nova perspectiva da integração entre as Unidades Federativas e o Regime de Colaboração com os municípios”, destacou.