Home 14/03/2019 - 16:37 - Philipe Bastos / Governo do Tocantins

Equipes técnicas da Seduc discutem melhorias no formato e planejamento para os Jets e Parajets

Durante a reunião foram discutidas melhorias na estrutura dos Jets e Parajets Durante a reunião foram discutidas melhorias na estrutura dos Jets e Parajets - Philipe Bastos / Governo do Tocantins

A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) realizou nesta quinta-feira, 14, reunião técnica para discutir a realização das maiores competições interescolares do Tocantins. No encontro, promovido entre as superintendências de Esportes, Juventude e Lazer e de Educação Básica, foram discutidas possibilidades de melhorias no formato dos Jogos Estudantis do Tocantins (Jets) e dos Jogos Paradesportivos (Parajets), já para 2019, além do planejamento das competições que serão realizadas em 2020.

Os Jets e os Parajets reuniram, no ano passado, cerca de 20 mil alunos, de 12 a 17 anos, de todas as redes de ensino do Tocantins. Com 13 modalidades nos Jets, e quatro nos Parajets, as competições buscam promover a educação entre as crianças e adolescentes por meio do incentivo à prática esportiva.

“Nós, representantes do poder público, devemos sempre pensar em estruturas que permitam aos nossos alunos realizarem a prática de esportes. É de conhecimento geral que o esporte, aliado à educação, é uma importante ferramenta de desenvolvimento social e de oportunidades para que nossas crianças e adolescentes possam crescer enquanto cidadãos”, destacou a secretária Adriana Aguiar.

Na reunião realizada no gabinete da secretária, os gestores debateram formas de melhorar a organização das competições promovidas pela Seduc, ao mesmo tempo em que os recursos aplicados sejam otimizados. Entre as possibilidades debatidas estão a implementação de parcerias com instituições públicas e privadas, além do levantamento de escolas que deverão participar da competição já em 2019 para o desenvolvimento de uma pré-inscrição para as modalidades disputadas.

“Estamos buscando aperfeiçoamentos para que os Jets e os Parajets tenham uma melhor organização e contemplem os estudantes do Tocantins. Formamos um grupo que ficou responsável pelo acompanhamento dos Jogos em 2019 e pela construção das competições em 2020”, disse o superintendente de Esportes, Juventude e Lazer, Robson Ferreira.

Todas as ações que estão sendo pensadas para iniciarem em 2019 serão desenvolvidas pelo grupo de gestores para serem ampliadas no ano que vem. Desta forma, as parcerias que deverão ser buscadas neste ano, em 2020, serão fortalecidas, bem como os processos para a aplicação de recursos na competição.

“Um dos aperfeiçoamentos que estamos pensando é em dar mais voz aos participantes dos Jogos. A ideia é envolver, de alguma forma, todos aqueles que participam dos Jets e dos Parajets para que deem ideias e nos ajudem na construção dessas importantes competições”, complementou o superintendente Robson Ferreira.

Jets e Parajets

Realizados pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes, os Jets chegam, em 2019, à sua XXIX edição. Já os Parajes, um pouco mais recentes, estão na edição de número seis. Ambas as competições envolvem milhares de alunos e centenas de professores em sua realização e nas dezenas de modalidades disputadas entre as etapas municipais, regionais e na final estadual.

Tanto os Jogos Estudantis como os Paradesportivos são uma importante oportunidade de os alunos/atletas tocantinenses competirem em nível nacional, pois os Jets classificam atletas e equipes para as fases regionais e nacional dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) maior competição interescolar do Brasil. Já os Parajets são a porta de entrada para as Paralimpíadas Escolares Brasileiras, que são realizadas anualmente em São Paulo – SP.