Home 13/02/2020 - 17:02 - Abrão de Sousa/ Governo do Tocantins

Regional de Colinas realiza formação para diretores escolares e coordenadores pedagógicos

Formação para coordenadores pedagógicos e diretores escolares Formação para coordenadores pedagógicos e diretores escolares - Seduc / Governo do Tocantins
Formação sobre BNCC e DCT com coordenadores pedagógicos e diretores escolares Formação sobre BNCC e DCT com coordenadores pedagógicos e diretores escolares - Seduc / Governo do Tocantins

A Diretoria Regional de Educação de Colinas realizou, nesta quinta-feira, 13, uma formação para diretores escolares e coordenadores pedagógicos com as temáticas Implementação do Documento Curricular do Tocantins e reestruturação do Projeto Político Pedagógico.

O trabalho teve como objetivo subsidiar as unidades escolares sobre a introdução dos componentes curriculares previstos no Documento Curricular do Tocantins (DTC) e na reestruturação do Projeto Político Pedagógico (PPP). Cerca de 32 servidores, das escolas jurisdicionadas à DRE de Colinas, participaram da formação.

Outro objetivo da formação é orientar gestores no desenvolvimento das práticas de gestão democrática que contribuam para a aprendizagem efetiva dos alunos e favoreçam o trabalho coletivo com foco na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e no DCT.

Para Eva da S. Azevedo, diretora da Escola Estadual Rezende de Almeida, de Itapiratins, a formação faz parte do trabalho dos gestores. “Iremos estudar e aprofundar nossos conhecimentos sobre o Documento Curricular do Tocantins e sobre a Base Nacional Comum Curricular. Precisamos conhecer melhor esses documentos que são importantes e dão base para o fazer pedagógico”, destacou.

Clésio Souto de Oliveira, diretor da Escola Estadual Antônio Delfino Guimarães, de Arapoema, conta que a formação enriquece a prática pedagógica. “As expectativas são as melhores para a aplicação dos documentos curriculares nas escolas. Neste ano de implantação do Documento Curricular do Tocantins, estamos ansiosos e na expectativa pelas possibilidades de melhorias da aprendizagem do aluno e das condições de trabalho do professor”, concluiu.