Home 26/06/2020 - 12:47 - Abrão de Sousa/Governo do Tocantins

Professores apresentam cursos e programas por meio da live “Conhecendo a UFT”

Live Conhecendo a UFT trata dos cursos e formas de ingresso Live Conhecendo a UFT trata dos cursos e formas de ingresso - Imagem Seduc/Governo do Tocantins

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) realizou nesta sexta-feira, 26, live com o tema “Conhecendo a UFT”, com o objetivo de apresentar cursos, programas e formas de ingresso. A iniciativa é uma parceria entre a universidade e o programa TO de casa NO ENEM, desenvolvido pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc). Na oportunidade, foi abordada também a parceria com a Seduc na oferta do Programa de Acesso Democrático à Universidade (Padu). A live foi mediada pela professora Maria Santana, pró-reitora de Extensão da UFT.

Durante a apresentação, o professor George Brito, coordenador do Padu, destacou que o programa “tem a missão de levar um cursinho de qualidade para os participantes. Em 2020, temos a parceria com o TO de casa NO ENEM. Dessa forma, podemos explicar mais sobre o que é a UFT e o que ela pode apresentar à comunidade. Os interessados podem acessar o site da UFT e conhecer mais sobre todos os cursos ofertados por esta instituição”, concluiu.

George Brito reforçou que a universidade fortalece o trabalho com a educação. “Fortalecer o trabalho com a Educação pública no Tocantins e na região amazônica é o papel da UFT, que é uma instituição de excelência no ensino, na pesquisa e na extensão. Estamos em todo o Estado com 54 cursos presenciais, mais de 30 cursos de especialização, 21 mestrados e 9 doutorados. Contamos com 23 polos de Educação a Distância com 5 cursos de graduação e 4 de especialização. É um mundo a ser descoberto por quem deseja continuar estudando e quer se desenvolver pessoalmente e também com a família”, destacou.

Outro avanço da Universidade, segundo o professor, é o trabalho equidistante ofertado ao público. “Há o sistema de cotas para indígena e para quilombolas. Isso tem feito a diferença na vida dessas pessoas. Temos as diversas culturas das 7 etnias do Tocantins. Há também várias comunidades tradicionais quilombolas no Tocantins, tanto na graduação como na pós-graduação. Em todos os cursos da UFT há esse atendimento, ofertando um ensino gratuito e de qualidade”, ressaltou.

Ingresso

Uma das principais formas de ingresso nos cursos de graduação da Universidade é por meio do Programa de Seleção Unificada (Sisu), que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A Universidade Federal do Tocantins faz parte do Sisu e já renovou a adesão para o ano de 2020.

O público que pode concorrer por meio do Sisu na UFT, neste ano, são os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio edição 2019. Para tanto, os interessados devem ficar atentos para efetivarem as inscrições por meio do site www.sisu.mec.gov.br, onde constam todos os cursos e campus de oferta.

A professora Vânia Maria Passos, pró-reitora de Graduação, alertou para a atenção aos prazos. “Os prazos são rápidos, os interessados devem ficar atentos ao site da universidade, onde estão as informações sobre o processo seletivo”, destacou.

Vânia Passos informou ainda que há outras maneiras de ingresso na universidade como Extravestibular, para pessoas de outras instituições que queiram estudar na UFT. Pode participar desse processo também quem já tem outro curso superior concluído.

O ingresso na universidade existe de muitas maneiras. Na graduação, o estudante pode estudar com aluno especial, que é uma seleção simples para quem não participou ainda de nenhum curso superior, há vagas para diversos cursos. Futuramente é possível aproveitar as disciplinas cursadas como aluno especial, quando o estudante ingressar como aluno regular.

Outra forma de ingresso é por meio Processo de Seleção Complementar (PSC). Esse formato ocorre quando sobram vagas dos processos de seleção anterior. Os candidatos podem concorrer, nesse caso, com notas do Enem de anos anteriores, diferente do Sisu, que exige que o concorrente tenha realizado o Enem atual. O processo PSC é todo realizado por meio do site da UFT.