Home 06/04/2021 - 18:08 - Juliana Carneiro/Governo do Tocantins

Iniciativa de escola da rede estadual de ensino garante resultados positivos na redação do Enem

Márllon de Sousa Rêis tem 18 anos e após superar suas dificuldades com produção de texto conseguiu 960 pontos na redação do Enem 2020 (Divulgação) Márllon de Sousa Rêis tem 18 anos e após superar suas dificuldades com produção de texto conseguiu 960 pontos na redação do Enem 2020 (Divulgação) - Divulgação Seduc
Titular da Seduc, Adriana Aguiar, e o comandante da Polícia Militar, Silva Neto Titular da Seduc, Adriana Aguiar, e o comandante da Polícia Militar, Silva Neto - - Katriel Bernardes/Governo do Tocantins
Ryan Cezário dos Santos tem 17 anos e com 980 pontos na redação do Enem 2020 sonha em fazer medicina (Divulgação) Ryan Cezário dos Santos tem 17 anos e com 980 pontos na redação do Enem 2020 sonha em fazer medicina (Divulgação) - Divulgação Seduc
Major Rafael Silva Crespo, ressalta que com o empenho e dedicação da coordenação pedagógica e dos professores, foi possível fazer um acompanhamento eficaz aos estudantes Major Rafael Silva Crespo, ressalta que com o empenho e dedicação da coordenação pedagógica e dos professores, foi possível fazer um acompanhamento eficaz aos estudantes - Divulgação Seduc
Estudante Maria Eduarda reforça que sua disciplina e o foco nos estudos foram fundamentais para o seu bom desempenho (Divulgação) Estudante Maria Eduarda reforça que sua disciplina e o foco nos estudos foram fundamentais para o seu bom desempenho (Divulgação) - Divulgação Seduc

Em 2020, as escolas da rede estadual se reinventaram para garantir o sucesso dos estudantes. O Colégio Militar do Estado do Tocantins - Unidade II, localizado em Palmas, está entre as unidades de ensino que apostaram em diferentes meios de interação com os estudantes para alcançar um resultado positivo nas avaliações internas e externas, como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Tendo a redação como um dos focos de trabalho e de aprendizagem de forma interdisciplinar, os profissionais do colégio adotaram ferramentas tecnologias, como o Google Meet, para realizar a correção comentada de propostas de redações realizadas ao longo do ano letivo.  "Realizamos nossas atividades, por meio de plataformas digitais adquiridas pela escola, bem como atividades impressas para estudantes que não tinham acesso à internet", explicou o diretor da unidade de ensino, major Rafael Silva Crespo.

Mais de 20 estudantes da unidade de ensino conquistaram notas acima de 900 pontos na redação, entre eles estão os alunos Márllon de Sousa Rêis, de 18 anos, com a nota 960; Ryan Cezário dos Santos, de 17 anos, com nota 980; e Maria Eduarda Araújo Pêgo Ceratti, de 18 anos, que obteve pontuação 960.

A realização das atividades do #TOdeCasaNoEnem, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), também foram fundamentais para o bom desempenho  dos estudantes da rede estadual nas provas do Enem.

O estudante Ryan Cezário dos Santos, de 17 anos, relatou como foi a rotina de estudos que o levou a atingir a nota 980 na redação.  “Estudava dois turnos por dia, um dedicado aos trabalhos da escola e outro ao Enem. Os professores ajudaram bastante, pois além de trabalharem com temas do cotidiano, tínhamos acesso à apostila do TO de casa No Enem, com várias questões de anos anteriores. Além disso, os professores nos passavam dicas e macetes importantes”, destacou Ryan, apaixonado por biologia e que tem como sonho cursar medicina.

A titular da Secretaria de Educação, Juventude e Esportes do Estado do Tocantins (Seduc), Adriana Aguiar, destacou a relevância do programa #TOdeCasaNoEnem e o trabalho dos profissionais da rede estadual de ensino para o sucesso alcançado pelos estudantes.

“Os educadores de toda nossa rede não tem medido esforços para cumprir com o conteúdo e a carga horária, mas principalmente, para continuar oferecendo um ensino e acompanhamento qualitativos. O reflexo desse empenho tem sido ratificado pelos excelentes resultados que os alunos das escolas estaduais de todas as regiões têm atingido nas provas do Enem. Além disso, reconhecemos a disciplina, a dedicação e o foco dos nossos alunos na busca de seus objetivos, que nos colégios militares são reforçados pelo trabalho da Polícia Militar”, enfatizou. 

Na perspectiva do coronel Júlio Manoel da Silva Neto, Comandante Geral da PMTO, os esforços coletivos das duas instituições visam o sucesso dos estudantes. “A PM TO acredita no trabalho intersetorial na busca de uma educação pública de qualidade. Os colégios militares são grande exemplo de que a disciplina, a dedicação e o comprometimento dos alunos, professores e da gestão produzem resultados positivos, que podem ser mensurados por provas como o Enem”, afirmou.

A estudante Maria Eduarda Araújo Pêgo Ceratti, de 18 anos, que obteve pontuação 960 na redação, disse que, além do auxílio da escola, sua rotina e disciplina de estudos em casa foram fundamentais para o seu desempenho no Enem. 

O aluno concluinte da 3ª série do ensino médio, Márllon de Sousa Rêis, de 18 anos, que sonha em ser médico e curiosamente tem a matemática como matéria preferida, disse que sempre teve dificuldade em desenvolver redações e que nunca imaginou conseguir uma nota tão boa, mas que com o apoio da escola conseguiu superar esta barreira.

“O ano de 2020 foi atípico para todos nós, principalmente para os estudantes. Eu cumpria as obrigações da escola e resolvia questões das edições passadas do Enem. Assisti muitas aulas on-line e revisava tudo aquilo que precisava. Mas, o principal de tudo foi a disposição dos professores em sempre ajudar e dar o melhor aos alunos”, ressaltou.